Mil desculpas para as dúvidas sobre inalação
janeiro 22, 2012

Quero antes pedir mil desculpas pela ausência de respostas no último ano, já que estive envolvida em projetos que me deixaram sem tempo algum para atualizar blog e site.

Agora vendo, são muitas as dúvidas sobre inalação, respiração e resolvi responder num post único que pode beneficiar a todos com mais conhecimento.

Muitas perguntas sobre bebês e inalação, sim os bebês podem fazer inalação com óleos de eucalipto ou lavanda de boa qualidade, recomendo Weleda, e associação com a tapotagem, que consiste em fazer com as mãos uma conchinha e bater nas costas do bebê, criança ou adulto. A força da pressão colocada na tapotagem depende de quem recebe, mas ela é sempre vigorosa, para estimular a circulação. Ainda a pergunta da Andréa de que se pode colocar óleo de eucalipto na água do banho do bebê, sim, enquanto se banha ele vai aspirando.

 No caso da Carla, que tem problemas póstraumáticos, minha indicação além da inalação, que ela deve continuar, é que esta seja sempre associada a respiração lenta e profunda. É aspiração de água e sal que é milenar técnica de higiene nasal com benefícios profundos para todo o aparelho respiratório (passo a  passo,coloque água mineral ou fervida, morna, em um recipiente de no mínimo 10cm de diâmetro, para que você possa colocar ai o seu nariz e aspirar, esta água deve conter uma colher de café rasa de sal para cada copo de água. A água aspirada pelo nariz sairá pela boca; repita várias vezes.) Os bochechos de chá de malva vão resolver o hálito indesejável. Contraste em compressas faciais de Camila quente e geladas também vão ajudar.

A aspiração beneficia  todos os casos de rinite e entupimento nasal e pode ser substituída nas crianças por água e sal no conta gotas colocada nas narinas.

Anúncios

Shantala, a magia da massagem para bebês
junho 19, 2009

Mais importante que saber o que é Shantala, é saber a importância de um toque de qualidade, aquele para o qual escolhemos um lugar tranquilo, arrumamos tudo e nos preparamos para um encontro. Estar com seu bebê em absoluta cumplicidade. Massagear é tão importante quanto embalar e acariciar, é tão indispensável como alimentá-lo.

SHANTALA é uma técnica de massagem para bebês que foi codificada por Leboyer nos anos 70, a partir da observação de uma mãe que massageava seu bebê, sentada na rua, em Calcutá.  Frèdèrick Leboyer diz ter sido contemplado com um espetáculo da mais pura  beleza, harmonia e ritmo exato. Percebeu que a mãe tinha uma sequência que repetia todos os dias. Passou a observar seus movimentos, deslizamentos e rotações que conduziam a um roteiro surpreendentemente técnico e preciso. Ele pediu para fotografá-la e, com poesia e sensibilidade, trouxe para o ocidente este ensinamento milenar, que estreita a relação mãe-bebê, traz cumplicidade e estimula o amadurecimento físico e emocional do bebê.

Os mamíferos adoram lamber suas crias. Ao fazê-lo, na verdade, muito mais do que limpá-las estão querendo estimular, aumentar a circulação, a digestão e a respiração, para que seu amadurecimento seja o mais saudável possível.  Massagear nossos nenês é uma forma de lamber  nossa cria, de garantir afeto, segurança emocional e saúde.

A proximidade e o contato são essenciais para mãe e bebê. Nenês estão prontos para receber massagem com apenas um mês de vida, e podem nos surpreender, dormindo profundamente, completamente relaxados.

Confirma algumas dicas para massagear seu bebê:

  • Nos dias mais frios, é interessante aquecer o ambiente, para que a baixa temperatura não se torne desagradável.  Nas primeiras vezes, ele pode ficar inquieto, e você pode ter que interromper, ou acelerar, a sequência. O mais importante é estar disponível para seu filho, disponível para maternar. Ter um tempo que é só para vocês, pra ser bom, é uma opção de prazer, de contato. Não é algo que precise ser feito (como trocar as fraldas, dar banho ou cortar unhas). É algo que se quer fazer, dar, partilhar, sentir junto.
  • Sossego é fundamental. Não deixe que ninguém interrompa enquanto você massageia seu filho.
  • Usamos óleo para facilitar o deslizamento, e os mais indicados são o de calêndula e camomila, pelas propriedades calmantes e muito agradáveis para a pele do bebê.
  • Faça contato visual com seu filho, sorria para ele, esteja presente por inteiro, como se só aquele momento existisse. Vai ser bom também para você. Pode ter certeza.

Se você quiser saber mais sobre a técnica Shantala, agende-se para um dos cursos que acontecem regularmente em meu consultório pelo fone 11.3865-8795. Ou me mande um email (juro que prefiro o telefone, mas vamos lá): kika@kikalourenco.com.br.

Até o próximo post!